CEDEC vistoriou áreas afetadas por erosão em Rio Verde

Categoria: Geral | Publicado: terça-feira, fevereiro 19, 2019 as 17:26 | Voltar

Uma equipe da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de MS (CEDEC/MS), esteve na cidade de Rio Verde de Mato Grosso, no dia 18 de fevereiro, quando na oportunidade, reuniu-se com o prefeito local e outros integrantes da administração municipal.

Durante o encontro, o Coordenador Estadual de Defesa Civil, TC Fábio Santos Coelho Catarineli, o Coronel João Alves Calixto, Gerente de Ensino da CEDEC, e o Sargento Lyderson Oursley Francisco, Técnico em Defesa Civil, estiveram com o prefeito municipal, Senhor Mário Alberto Kruger, a coordenadora municipal de defesa civil, Zudeli Rodrigues Machado Santana, e os engenheiros  civil Renan Michel Oliveira e ambiental Letícia Martos.

Prefeito de Rio Verde e integrantes da prefeitura e CEDEC

Dentre os assuntos tratados, destacaram-se o processo erosivo que está em curso, tendo afetado o Bairro Cacerense e Vila Arruda, e também para avaliar o curso do Rio Verde, para avaliar uma possível alteração e suas prováveis causas e consequências.

Os integrantes das duas equipes, CEDEC e prefeitura de Rio Verde estiveram nestes locais, para avaliar as condições físicas que foram relatadas nas áreas da erosão e no rio. A coordenadora Zudeli informou que as águas que escoam pelas galerias pluviais e desaguam no rio são provenientes de bairros próximos ao leito do rio e também da rodovia que passa por ele.

Vista aérea de possível desvio do curso do Rio Verde

Além destes assuntos, a equipe prestou apoio técnico ao governo municipal e à coordenadoria de defesa civil local, no tocante à elaboração de projetos para fins de solicitar recursos financeiros dos governos estadual e federal.

Publicado por: robsonpereira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.