Defesa Civil registra temporal no fim de semana em MS

Categoria: Geral | Publicado: segunda-feira, novembro 19, 2018 as 09:32 | Voltar

No início da tarde deste domingo, um temporal atingiu a cidade de Dourados, onde os ventos atingiram aproximadamente 80 km/h e derrubaram árvores e placas de trânsito, causaram danos em uma residência localizada no Bairro Jardim Pelicano, além de interromperem o fornecimento de energia elétrica em alguns pontos da cidade.

Conforme informações locais, veículos e alguns pontos comerciais foram atingidos por árvores que caíram. As vias de trânsito que ficaram interrompidas em decorrência dos efeitos do temporal estão sendo desobstruídas pelo serviço público do município. Vários bairros foram afetados além da região central da cidade.

Queda de árvores provocaram interrupção de energia em Dourados

Em Campo Grande, ventos em torno de 50 km/h e a chuva que prevaleceu por volta de duas horas, ocasionaram pontos de alagamento em vias públicas da região norte da capital, impedindo a passagem de veículos, derrubaram árvores pela cidade e elevaram rapidamente o nível das águas do Rio Anhanduí, na região do Jardim Centenário.

Alagamento ocasionado pelas chuvas em Campo Grande - Foto: TV Morena Divulgação

O Instituto Nacional de Meteorologia – Inmet, emitiu alerta de tempestade intensa para a maioria dos municípios de Mato Grosso do Sul para o último final de semana. Chuvas fortes atingiram várias cidades de MS como Amambai, Anastácio, Angélica, Antônio João, Aral Moreira, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Campo Grande, Caarapó, Caracol, Coronel Sapucaia, Corumbá, Deodápolis, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima Do Sul, Glória De Dourados, Guia Lopes Da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Andradina, Novo Horizonte Do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu e Vicentina.

De acordo com meteorologia, a chuva no estado foi provocada por áreas de instabilidade, associadas a uma frente fria que está no litoral do país.

Em Laguna Caarapã, Itaquiraí e Caarapó os ventos atingiram rajadas superiores a 80 km/h.

A Defesa Civil mantém o alerta para que em casos de tempestade, a população deve ser orientada a não se abrigar de baixo de árvores, não estacionar seus veículos próximos a placas de propaganda, bem como sobre o risco de queda de energia elétrica, além de evitar transitar ou permanecer em áreas alagadas.

Publicado por: robsonpereira

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.